domingo, 28 de março de 2010

A voz do gênio


Se o Renato Russo estivesse vivo ele completaria 50 anos de vida, e claro que o Brasil anda prestando sua homenagem, agora vai a nossa.

Renato Russo foi um grande músico e tinha uma ótima voz. Começou a carreira na banda Aborto Elétrico em 1978 e acabou em 1982,f ormando duas grandes bandas que fizeram muito sucesso no Brasil : Legião Urbana e Capital Inicial do Dinho Ouro Preto. Depois do fim da banda que foi devido a desentendimentos, Renato se juntou ao baixista Renato Rocha, ao guitarrista Dado Villa Lobos e ao baterista Marcelo Bónfa para formar o Legião Urbana, considerada uma das melhores bandas do Rock Nacional.

O Legião Urbana fez sucesso nos anos 80 e 90, lançando grandes músicas e álbuns, dentro delas se destacam Legião Urbana - 1985, Dois - 1986 e Que país é esse - 1987. Seus maiores hits foram Faroeste Caboclo, Eduardo E Mônica, Pais e Filhos, Será eTempo Perdido. Recomendo esses álbuns e essas múscas, que são os melhores da banda na sua melhor fase, depois o Legião lançou mais cinco álbuns.
Renato Russo era um cara calmo, alegre e bastante tímido. E no meio tempo da banda resolveu trabalhar nos seus discos solos, que foram The Stonewall Celebration Concert - 1994 ( vendeu 250 mil cópias )e Equilíbrio Distante - 1995, vendendo um milhão de cópias (um ano antes de sua morte).

Renato morreu em 1996 pesando 45 quilos devido as consequência do vírus da AIDS, ele tinha desde 1989, mas jamais revelou a doença publicamente. Onze dias depois de sua morte o Legião declara seu fim, a banda vendeu mais de 20 milhões de discos, e para comemorar o aniversário o grande Renato Russo, os integrantes do Legião Urbana se juntaram e andam fazendo uma séries de show em tributo a esse grande artista. Dado Villa Lobos e Marcelo Bónfa tocam com convidados especiais os grandes sucessos da banda.

É legião porra !

5 comentários:

  1. Renato foi o ícone de uma geração, cantou todos os anseios, dúvidas e aspirações dos jovens da década de 80, estava além de seu tempo, não compreendia e talvez nem aceitasse muito bem sua importância na vida de tantos adolescentes. Renato foi um artista que fez a diferença e quando se foi levou com ele tudo que o rock nacional tinha de melhor. Nenhum artista daquela época chegou aos pés do que ele alcançou. Este faz falta, e jamais existirá um igual.

    Salve Renato! Descanse em paz.

    FORTE ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  2. Apesar da legião urbana fugir do meu estilo preferido de som, não tem como negar que o Russo era um gênio e criou obras-primas. Não sei se vc viu, mas assisti a peça teatral sobre a vida dele, muito foda!!!

    ótimo post!!!

    abçs

    Rodz

    ResponderExcluir
  3. Renato era um gênio mesmo,o cara era fera !!!

    ResponderExcluir
  4. Gênio, ícone, mito, mito é o tudo que é o nada, as gerações que não o conheceram em palco podem ainda ouvir suas músicas, ler e ouvir seus depoimentos, mas a força humana deste gênio é uma coisa que escapa aos conceitos mais básicos e aos nossos possíveis elogios, o dom de Renato Russo era o dom da alma, suas letras sabiam onde mexer dentro das pessoas, os seus shows eram verdadeiras rodas de rock em meio à amigos, no caso os fãs da banda, ele falava, ele conversava, e todo mundo gostava, não houve quem não o amasse, ele disse "eu amo ser idolatrado", nem precisava pedir, as pessoas o queriam bem demais. Deixou saudades e um legado musical inestimável, como ele mesmo dizia, Força Sempre, ótimo post em homenagem a ele.

    ResponderExcluir
  5. GÊNIO, é o que possamos defini - lo capeta !!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados