quarta-feira, 20 de abril de 2011

O nosso poeta Punk Rock.


15 de abril de 2001 os primeiros jornais já anunciavam a morte de Jeffrey Ross Hyman, o Punk Rocker mais querido do Rock N Roll.

Mais conhecido como Joey Ramone, fundou o Ramones em 1974 junto com Dee Dee Ramone e Johnny Ramone. Assim em 1976 o Ramones lançava seu primeiro disco e acaba se tornando uma banda expoente do Punk Rock e a cena Underground do mundo.

Joey nasceu nos Estados Unidos e sempre foi conhecido como um grande poeta. Suas letras emblemáticas sempre fizeram parte da História do Rock. Pet Sematary, um dos clássicos do Ramones tem uma letra enigmática que leva em sua letra a temática de morte, afinal, ninguém quer ser enterrado em um cemitério de animais. E como uma pessoa carismática que esbanja simpatia, o seu famoso refrão Let´s Go ficou na cabeça de qualquer Rockeiro, quer dizer, não é preciso nem gostar de Rock para canta – la. Judy is a Punk, Poison Heart, I Wanna be Sedated e entre outras, são refrões, versos que nunca seriam o mesmos sem ele, isso ninguém dúvida.


Uma vez contei a este escritor uma história sobre como encontrei os caras num elevador e descobri que tínhamos o mesmo sobrenome, daí decidimos formar uma banda”

Com seus mais de dois metros de altura, uma timidez e dono de um grande timbre Joey Ramone era considerado esquisíto e solitário. Uma pessoa incomum ? Sim, e em todos sentidos. A longa cabeleira era uma forma de refúgio, o Rock N Roll era seu refúgio.

Em 1996 o Ramones encerra sua tragetória e como um grande músico Joey lançou seu disco solo. Don't Worry About Me é um álbum póstumo e lançado um ano depois de sua morte. O disco contêm dois covers, uma caiu na boca do povo e ressuscitou os tempos de Louis Armstrong com a linda What a Wonderful World e a outra mostrando o Punk do Stooges.

Joey Ramone foi um representante do Punk Rock, o Punk em sua mais pura e melhor forma foi com esse cara. Há 10 anos atrás perdíamos uma figura querida.

Vítima de um Linfoma, Mr. Joey Ramone nos deixa.

"Eu não quero viver minha vida novamente"

8 comentários:

  1. Fala Guilherme! Pelo visto nem só o Joey era/é um poeta, considerando não a poesia como versos e rimas, mas sim como conteúdo poético! Você fecha o seu POST com uma carga emocional, um pesar, uma dor, dignas de um GRANDE Fã! Confesso que me passei na data de falecimento do velho e bom Joey! Quando penso em Punk Rock, não penso em Johnny Rotten... penso em Syd Vicious e Joey Ramone! E assim como o Rock & Roll: Perdemos de novo (também)! Boa Páscoa à você e todos os leitores e seguidores desdte Blog! Sinceros votos Jack Bracan do Salada Rock.
    http://salada-rock.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Valeu Jack, o conteúdo poético de Joey era bem forte e ótimo. Obrigado pelo comentário e sucesso ao Salada !!!

    ResponderExcluir
  3. adoreii os videos e o blog tbem so maior fã de rock

    ResponderExcluir
  4. Um mito

    A voz do punk rock se calou

    Fiz uma homenagem a ele também no meu blog, depois de uma passada lá.

    ResponderExcluir
  5. É isso Love Rock. Vou dar uma passada la no teu blog !!!

    ResponderExcluir
  6. gostaria de fazer uma parceria visite meu blog veja a ideologia e nossas ideias e aceite nossa parceria visite:
    http://lossyelossless.blogspot.com/
    deixe um comentario aceitando ou não nossa parceria.
    Ps:fomos parceiros em outros blogs os meus blogs antigos deram errado mais esse é serio por favor me aceite novamente como parceiro

    ResponderExcluir
  7. Fala lucas, é só adicionar nosso link e me avisar.

    Sem problemas cara !!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados