quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Pink Floyd - Não paramos por aí ( Parte 5 )


Wish You Were Here foi lançado em 1975, dois anos depois do lendário *The Dark Side Of The Moon. No último post da série Pink Floyd, vimos os detalhes fantásticos de duas grandes peças do grupo. E se muitos acreditaram que os britânicos não tinham mais nada a mostrar, esses muitos, estavam muito enganados.

Mas antes, veja as postagens anteriores !

Ao começar pelo soar do teclado contagiante de Richard Wright, " Shine On You Crazy Diamond " se tornou desde então uma das músicas mais bem executadas pelo Pink Floyd, ao vivo. David Gilmour em seguida passeia tranquilamente com sua guitarra, em lindos versos. São mais de 10 minutos de pura viagem, e além do mais, na segunda parte do Lp, tem uma versão estendida do clássico. Senta que vem música.

" Welcome The Machine " vem adiante, antecedendo o Rock certeiro de " Have a Cigar ", cantada pelo músico Roy Harper. " Wish You Were Here " é uma canção extremamente bela, a perfeita introdução nipônica de Gilmour deixa qualquer um empolgado, sem dúvidas, é uma das músicas mais bonitas da história do Floyd, só que não a minha preferida dentre elas. Para terminar a bolacha, a segunda parte de " Shine On You Crazy Diamond ".


" O Pink Floyd em Knebworth em 1974. O barbudo de chapéu no microfone é o ótimo Roy Harper "

Os dois anos, que pareciam uma eternidade, passaram. E lá estava o Pink Floyd novamente lançado um álbum, sem medo da pressão que caía em suas costas, afinal, foram tantos anos com discos bons que os fãs e a gravadora queriam mais e mais.  Mas como o Floyd é bom, e bota bom nisso, eles não pararam por aí. 

Depois do aclamado Wish You Were Here, Animals parece que veio para dar uma acalmada nos ânimos, para algo ainda mais grandioso, que estaria por vir. " Pigs On The Wing " é uma peça gratificante aos ouvidos, o violão forte, cheio de personalidade marca essa faixa como nenhuma outra, sem esquecer do magnifico solo de guitarra de Gilmour. Estranho, a primeira música do disco tinha apenas 1:30 de duração, juntando com sua segunda parte, que dava o ar das graças no final do álbum, tinha ao todo 3:00. Sim, apenas estranho, porque " Dogs " já cravava no take mais de 16 minutos. " Pigs (Three Different Ones ) " e " Sheep ", cada uma com 10 minutos.


" Animals e Wish You Were Here, duas lendárias capas "

E o Pink Floyd estava cada vez mais grande, as vezes você se contesta aonde vem tanta inspiração e dom para cada música ? Só gênios poderiam responder, não é não ?

Se for para colocar " Wish You Were Here " tem que por a histórica apresentação em * Pulse de 1995.



----------------------------------------------

No próximo post estaremos por dentro da filosofia de The Wall, mais uma barreira quebrada pelo grupo !

Até a próxima !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados