terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Pink Floyd - Nunca seremos os mesmos ( Parte 4 )


Nota : Essa série já começada a algum tempo tem como objetivo relatar a discografia, um pouco de sua biografia e a importância do Pink Floyd no cenário do Rock mundial. Conhecer de perto passo a passo da banda até a sua verdadeira resolução, é um grande reconhecimento musical e cultural. Enjoy It !

Nas última postagem, chegamos aos bons Atom Heart Mother e Meddle. A banda aos poucos foram formando suas devidas características. Anos de experiência resultaram ao um disco que definitivamente virou a vida do Pink Floyd do avesso. Mas antes eles lançaram Obscured By Clouds em 1972.

Junto com More ( 1969 ), Obscured By Clouds é o melhor disco antes da chegada da era de ouro, que vai de The Dark Side Of The Moon até The Wall, no final da década de 70. Quando os primeiros minutos da ótima instrumental " Mudman " começa, você já sabe que é o Pink Floyd. A essência estava formada.  Apesar de Obscured By Clouds não ser um sucesso desde que foi lançado, é um dos álbuns mais amados dos fãs mais antigos. Sem dúvidas é um disco fantástico, não liguem para as reviews feitas por esses sites " especializados ".

" The Gold It´s In The " deixa muitas bandas do Hard Rock setentista no chão. " Mudman " como já disse é uma grande peça instrumental. A fantástica " Childhood's End " é um preludio de " Time ", contando com uma arrasadora energia de Richard Wright e Nick Mason. Para terminar os destaques, apresento a vocês uma das músicas mais lindas da carreira do conjunto. " Stay " deixa qualquer fã arrepiado pela a maravilhosa atuação de Waters/Gilmour. Quem me dera ter esse dom.



The Dark Side Of The Moon é um dos discos mais prestigiados da história do Rock. Foi lançado em 1973 e não demorou muito para chegar ao topo. David Gilmour e Roger Waters, os principais compositores resolveram tratar suas composições com mais clareza e intensidade. A concepção de Dark Side Of The Moon é focar no sentimento humano e nas vicissitudes da vida. É um álbum completamente linear, como se fosse um filme, que tem inicio, meio e fim. O material foi se agrupando aos poucos, a maioria quando o grupo se encontrava em turnê.


" Pink Floyd no Abbey Road. Da esq. para dir. Gilmour sentado nos equipamentos, Waters de frente com Richard Wright e Nick Mason no final com sua boina "

Mais do que uma grande resolução do mundo, The Dark Side Of The Moon conta com uma qualidade sonora arrepiante, que conduz o ouvinte a se adentrar na viagem da banda. É difícil destacar uma faixa ou outra, pois todas se completam. " Speak To Me " e " Breath " se formos analizar, é muito parecida com a minha preferida " Time ", onde certamente ira encontrar um dos maiores solos de guitarra feito por David Gilmour. " Money " e " Us and Them " apresentam dois riffs marcantes, um feito pelo baixo de Waters e o outro com a delicadeza da guitarra de Gilmour. Sem esquecer que  " The Great Gig In the Sky " é uma aula de canto da ótima cantora Clare Torry.

Já ia me esquecendo. The Dark Side Of The Moon foi gravado no mítico Abbey Road, um estúdio de última geração que anos antes comportou grande discos dos Beatles. Só para avisar, não foi o primeiro álbum do Floyd no estúdio. Atom Heart Mother também foi feito lá.

É bom não prolongar muito meu texto desse clássico, pois vou acabar me complicando. The Dark Side Of The Moon é um disco indispensável, quebrou barreiras tanto para o mundo do Rock quanto para o mundo da música.



Veja as últimas postagens da série

----------------------------------------------

No próximo post um especial de Wish You Were Here e a época que marcou o auge do Pink Floyd.

Até a próxima !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados