quinta-feira, 21 de março de 2013

5 discos que você deve ouvir de David Bowie



Uma das listas mais prazerosas de se fazer, porque falar de David Bowie, não há coisa melhor. Não é não ? Confiram os 5 discos essenciais do camaleão !

The Man Who Sold the World - 1970


O terceiro álbum de David Bowie é o mais pesado de toda sua carreira. É impressionante a qualidade desse disco em relação ao Rock. Soa rebelde, furioso e destruidor. Cheio de guitarras e gritos por todas as partes, você precisa ouvir essa fase de Bowie, onde quebrou de vez o protocolo da " boa canção ".  " All The Mudman " minha preferida, " Running Gun Blues " e a faixa - titulo são os destaques.

Hunky Dory - 1971 


Parece que o cara gastou toda sua energia rebelde em The Man Who Sold the World, lançado um ano antes de Hunky Dory. O álbum é completamente diferente de seu antecessor, aqui, quase todas as faixas ganham o toque do piano do mago Rick Wakeman ( Yes ). As belas " Eight Line Poem " e " The Bewlay Brothers " fazem parte do trabalho mais bonito da carreira do músico. Sem esquecer também de dar o  destaque para o guitarrista Mick Ronson, que fez seu melhor disco com Bowie.

Clássico.

The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars - 1972


Consagrando o personagem Zigg Stardust, Spiders from Mars ( como chamamos cariosamente ) é o maior sucesso de David Bowie. Não tem muito o que falar, basta ouvir essa pérola incrível, porém, vou deixar claro que não acho o melhor disco de Bowie. Seria besteira eu falar tudo que já foi dito.

Heroes - 1977 


Heroes foi um marco para a carreira de Bowie, pois além de ganhar elogios de John Lennon ( não tão maior quanto menor ) afirmando que gostaria de fazer um álbum tão bom quanto Heroes, ele trouxe um novo tipo de som. Era o Rock Experimental, ou caso preferirem, Rock eletrônico. As novidades além dessas, era as novas parcerias do músico, de um lado Brian Eno ( não produzindo, como muitos acham ) e do outro o guitarrista Robert Fripp, responsável de uma das canções mais belas da história do Rock, " Heroes ".

Scary Monsters ( and Super Creeps ) - 1980


Tímido, mas impressionante. Essas são as melhores palavras que se enquadram a respeito de Scary Monsters ( and Super Creeps ) lançado em 1980, após a trilogia de Berlim. Todas as faixas são simplesmente maravilhosas, da primeira " It´s No Game " passando pela linda " Up the Hill Backwards " e a  contagiante " Ashes To Ashes ". Encerrando a década de 80 com chave de ouro, Scary Monsters foi aclamado pela crítica e pelos fãs, e é sem dúvidas uma peça imperdível do cardápio de Bowie. 

Menção Honrosa : Station On Station

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados