segunda-feira, 8 de julho de 2013

Lou Reed - Transformer


Se muitos acharam que a carreira de Lou Reed acabou quando o Velvet Underground ( uma das bandas mais expressivas da década de 60 ) encerrou suas atividades, está muito enganado. Ele começou sua carreira solo em 1971 com um disco auto - intitulado, mas só foi um ano depois que o músico lançou sua mais importante obra, depois de Velvet Underground and Nico, claro. 

Transformer não está muito distante do V.U, apenas pense em Lou Reed e somente no Lou Reed ! Acho que ficou claro. Com a produção de nada mais nada menos do que David Bowie, e alguns backing vocals, foi eleito em diversas revistas especializadas como um disco essencial, a menor de todos o feitos. Lou Reed assumiu a voz, o piano, a guitarra, o Rock e sem esforço " Vicious " se tornou uma pegada inconfundível de Rock N´Roll, " Andy´s Chest " já pegou carona da onda undergound que bem conhecemos, assim como a aclamada " Perfect Day ".


" Hangin´Round " volta com aquele Rock punkeado com toques de piano, lembrando muito bem um bom Rockabilly. Mas agora reservo um pouco mais de linhas para escrever minha preferida, " Walk on The Wild Side " é a melhor música que representa a ascensão de Lou Reed. Não tem como se arrepiar com esse clássico do começo ao fim, das linhas de baixo, passando por sua calorosa voz, terminando nos lindos fraseados de violino. Inspiração que tem participação de Andy Warhol, o lendário pintor da banana do Velvet, Lou Reed convivia com o cara e tudo o que envolvia o cenário artístico da época, inclusive travestis. Isso mesmo, " Walk On The Wild Side " relata a vida dos travestis de NY, ou seja, uma singela e bonita homenagem. 

" Make Up ", " Satellite of Love ", " Wagon Wheel " e " New York Telephone Conversation " seguem até os últimos destaques da pérola. " I So Free " é uma canção maravilhosa, sem palavras, mais uma prova que Reed era também grande na guitarra. E para terminar, " Goodnight Ladies ", faz você voltar no tempo das décadas de 40, 50 e toda aquela coisa New York, sabe ?

Transformer é essencial, conhecer Lou Reed não tem preço. Não é tão genial quanto o Velvet Underground, mas ainda sim, é grandioso, como um disco de Rock deve ser.

Clássico...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados