quarta-feira, 2 de março de 2011

Hard no ritmo do Rock - Parte 6


Fala pessoal. Depois de uma semana sem post, eu arranjei uma brecha para poder por o Blog em continuação. Então hoje teremos Hard no ritmo do Rock.

Quando se fala de uma banda, todos querem conhecer suas melhores músicas. Para aquela época o famoso termo “HIT” era tudo para uma banda de Hard Rock. Quem não queria dar um grande passo e alcançar a famosa parada na Billboard ?

Certamene eram todas as bandas. Existem bandas de uma música só, que no Hard Rock era normal, e existem aquela banda sem aquele famoso Hit mas com ótimas músicas. Mas para a consagração de uma banda, o “clássico” não pode faltar.


" Clássico do Hard Rock. Autograph foi uma banda pouco conhecida mas que deixou Turn Up The Radio balancar muitos jovens naquela época. Um banda sensacional que mereceu muito mais, em breve falarei mais dela "

Os frutos do Hard .....

Um dos frutos do Hard foi sem dúvidas o Glam Metal, ou aquele Metal Farora traduzindo para o português.O lema do Glam é visual demais e Rock de menos, ou até não, mas eu particulamente não gosto de bandas Glam, com exceções de algumas. Tem aquelas que usam uma postura e visual Glam e aquelas que usam no Rock, na postura e no visual.

Podemos dizer que o lance vem dos anos 70, que quem ficou famoso com aquilo foi o Twisted Sister, já citados nos posts anteriores. O seu vocalista Dee Snider se entupia de maquiagem, deixando a banda mais chamativa do que era. Outros caras que influênciaram e que são mestres quando se trata na arte do Rock foram o David Bowie, Alice Cooper e o Queen, e claro, outros se destacaram.

Na década de 80 o Glam foi ganhando público e mais público. O Poison misturou Country Rock com muito Rock N Roll e Hard Rock, e assim, chegou a empolgar muito pelo mundo. New York Dolls pois Punk, mas também pois Hard com um visual e uma postura a lá Glam Metal, mas nada que seja farofa. M

Muitas outras bandas também deixaram sua marca, e o gênero varía bastante do Heavy Metal, deixando o som mais pesado. Quem ouvir Ratt, uma boa banda que varía bastante do Heavy Metal saberá do que estou falando.

Uma das bandas que eram consideradas Glam, o Motley Crue chegou ao sucesso comercial na metade da década de 80, mas eles chegaram mesmo no final da década. Uma boa banda de Califórnia que merece ser citado aqui. Nikki Sixx, Tommy Lee, Mick Mars e Vince Neil venderam mais de 80 milhões de cópias em todo mundo.

O Motley Crue dividia Drogas, Groupies e Rock N Roll. Tenho alguns discos do Grupo como os famosos e recomendáveis Girls, Girls, Girls, o clássico Shout At The Devil e Dr. Feelgood, ambos ótimos discos.

Outro grande fruto foi o AOR, um tipo de som bem legal e mais calmo em relação ao Rock. É aquele bom e famoso Rock Melódico que conquistou fãs e fãs pelo mundo.

É difícil falar especificamente uma banda de AOR, pois são tantas, e como você menos espera a banda que você mais gosta já fez um bom Rock Melódico. Um dos caras que fazem muito bem é o Journey, outro que me vem a cabeça é a banda Giant que não é tão famosa assim. O AOR merece sua atenção porque ele é mais do que um conceito.

Mas agora, o que seria desse post sem o Guns N Roses ?

Uma das bandas mais famosas de Rock de todos os tempos sempre passou por sérios problemas desde sua chegada.
O Guns N Roses foi uma das bandas mais influêntes da história. Mesmo depois demais de 20 anos de sua existência continuou a mostrar o melhor caminho aos jovens para o mundo do Rock. Axl Rose, Slash, Izzy Stradlin, Duff Mckagan e Steven Adler fizeram a formação clássica da banda. E em 1987 já chegava nas lojas Appetite For Destruction, um disco que qualquer Rockeiro e fã de Hard deve ouvir.

E não é só Appetite. Guns Lies e os duplos Use Your Illusion mostra que a banda não só de um disco.Mostra que é puro talento.

O Guns acabou por brigas, mas hoje, todos esperam que eles venham a se juntar novamente e fazer que nem nos velhos tempos. Ainda a banda tem a pendência de se resolver. Uma novela que parece que não tem fim, mas tenho certeza que um dia eles se juntarão, daqui a trinta anos ou não.



Até a próxima.

7 comentários:

  1. De todas essas bandas, sinceramente, a única que gosto de verdade e que realmente mexe comigo e me influencia demais nos meus sons é o Guns And Roses, e assim como você, eu torço pra que a banda volte como antigamente, mas prefiro com o Matt Sorum na bateria.

    abs
    Daniel

    ResponderExcluir
  2. Guns foi uma banda e tanto, merece muito respeito. Mas também gosto das bandas que citeis, não tanto quanto o Guns, rs.

    Que bom que voltou Daniel !!!

    ResponderExcluir
  3. Coloque seus posts na disputa e torça para eles vencerem no Duelo dos Posts, o novo game divulgador da Área!

    http://tinyurl.com/duelo-dos-blogs-Area

    Valeu!

    ResponderExcluir
  4. Apesar de eu não gostar do Hard oitentista, o post ficou bem legal.

    Algumas exceções:

    O disco Shout At The Devil do Motley Crue é bem legal, e influenciou muito o Black Album, do Metallica, em termos de engenharia de som.

    New York Dolls, com o disco homônimo, uma espécie de Punk de batom.

    E o Appetite for Destruction e Use Your Illusion II, do GNR, que são ótimos, mas eternamente supervalorizados, e Axl e Slash também.

    ResponderExcluir
  5. Só isso de exceções Rocky ?

    É, nesse post eu falei bem resumidamente dos frutos do Hard. Mas ficou bom o post, a série esta crescendo cada vez mais. E o Rock nos anos 80 foi ótimo, pode se dizer que foi uma consequência dos anos 70 que também foi demais. Creio que tem muito disco ainda dos anos 80 a ouvir Rocky, pode ter certeza !!!

    ResponderExcluir
  6. Olá .
    Post publicado .
    Até mais

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados