domingo, 13 de março de 2011

Whitesnake - Forevermore

Para mim um dos discos mais esperados do ano saiu a pouco tempo. Estou falando de Forevermore, o mais recente disco da Cobra Branca.

Para quem esta acustumado a ver o Whitesnake de 87 e de Slip Of The Tongue esta bem enganado. Naquela época Coverdale estava no auge de sua carreira, e é fato que a discografia da banda é sensacional desde os tempos de Ian Paice e Jon Lord. E como toda banda clássica que lança um disco atualmente eu só quero saber de uma coisa, só quero saber se resgata os tempos de ouros.

É bem difícil chegar ao brilhantismo que fez décadas atrás, mas não que seja impossível. Já vi muitas que já conseguiram esse feito. Forevermore é um disco bem pesado, e o Hard Rock fica evidente em quase todas as faixas. Riffs, solos e refrões fazem parte do mundo do Whitesnake.


Em relação ao final da década de 80 o disco é mais pesado, e em relação ao seus primórdios pode se assemelhar -se em alguns aspectos. Posso sentir que é um Rock mais moderno em relação ao antigo, mas não superior.

O destaque fica com a faixa Love Will Set You Free que vira o single do disco. As baladas que como de costume não faltaram e ficaram presentes. Easier Said Than Done e One Of These Days tentam resgatar o que antes era This Is Love.  Já a bela faixa titulo traz belas passagens de violão e depois fica pesada com o tempo, e assim acaba combinando com solos caprichosos. E como disse que o Hard fica evidente, a faixa I Need You faz lembrar aquele tempo em que o grupo era de arrepiar.

O disco é bom, sem sombra de dúvidas, mas chega uma hora que você tem a sensação da base de cada faixa se repetir, para mim deixou o disco meio cansativo. Mas o que posso perceber é que Coverdale e a banda continua sendo fiel, mas não é nem sombra quando Slide It In, Saints e Sinners e entre outros chegavam as lojas. E já que Coverdale e cia é fiel, o álbum também faz jus a história do conjunto.

Vale a pena ouvir um Whitesnake atualmente ?.
Sim, vale a pena ouvir Forevermore assim como seu último disco Good To Be Bad .Vale a pena ouvir a fórmula de se fazer Rock N Roll.

Abraços.

01. Steal Your Heart Away (05:18)
02. All Out Of Luck (05:28)
03. Love Will Set You Free (03:52)
04. Easier Said Than Done (05:12)
05. Tell Me How (04:41)
06. I Need You (Shine A Light) (03:49)
07. One Of These Days (04:53)
08. Love And Treat Me Right (04:14)
09. Dogs In The Street (03:48)
10. Fare Thee Well (05:18)
11. Whipping Boy Blues (05:01)
12. My Evil Ways (04:33)
13. Forevermore (07:22)
14. Whipping Boy Blues (Swamp Mix) (05:59)

4 comentários:

  1. Pode ouvir que vale a pena Melima !!!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não ouvi, está na lista. Como sempre voce mandando super bem.

    Aproveito pra avisar que estou com um novo blog onde petendo trocar informações ( lições, arquivos, etc ) sobre música e instrumentos.

    http://botecoemusica.blogspot.com/

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  3. Fala, valeu e pode ouvir que o disco esta bom.

    Enquanto ao blog, já estou seguindo e vou começar a acompanhar. E lembrando que esta na minha blogroll.

    Valeu !!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados