domingo, 11 de março de 2012

E o Rock se estranhou



Quem diria que o mundo do Rock veria uma das parcerias mais inusitadas dos últimos anos. De um lado temos o Metallica, que todos já conheçem sua tragetória para o topo do Metal. Do outro vemos Lou Reed, grande músico, líder e fundador do Velvet Underground e também dono de ínumeros álbuns ótimos durante sua carreira, tocando desde Folk a Piscodelismo.

Os sinais dessa parceria já vinha acontecendo em alguns shows que ambos vinham realizando, um deles no Rock N Roll Of Fame, mas ninguém saberia que por trás disso havia um disco. Quando foi anunciado, " Lulu ", para mim era até então um dos álbuns mais esperado de 2011, juntamente com " Forevermore " do Whitesnake.

Algumas demos foram mostradas, a capa anunciada e tudo estava pronto para o lançamento. Resumindo a obra ao todo, é o Metallica com Lou Reed como vocalista. Eu confesso que fui um pouco ingênuo e esperava o Metallica tocando Folk, Soul ou se adaptando ao um estilo totalmente oposto ao do grupo, até porque eles sempre deixam uma balada bonita em seus trabalhos. Eu gosto quando bandas ousam e fazem sons inusitados, e já era de se esperar críticas pesadas, como Lars Ulrich disse : " Já esperava " .  Não diria que Lulu quebrou Lou Reed mas o cara sabe o seu faro, mas mesmo assim, se adaptou muito bem ao gênero apresentado e certamente fez a alegria de alguns fãs metaleiros espalhados pelo mundo.

Lulu começou com Reed, que se inspirou em uma peça de teatro. Está longe de ser um disco ruim, pelo contrário, apresenta letras bem trabalhadas e uma pegada única, só que uma ou outra faixa chega a te empolgar, resumindo, ele é fraco. Apesar de soar bem o Metallica, difere bastante da realidade da banda, porque Lou Reed deixa com um toque obscuro e tenso, fugindo da sonoridade tradicional  que eles vem apresentando ao longo dos anos.

Lulu foi pensado para expandir novos horizontes musicais, tanto quanto de Lou Reed quanto do Metallica. Apesar de me simpatizar com " The View " o compacto deixa a desejar, apresenta pelo menos uma temática interessante.

Uma vez Brian Johnson, vocalista do ACDC disse que a crítica acabou com os discos de Rock. De fato, ele leva uma verdade sobre essa afirmação, pois sempre tem alguém que goste daquele álbum negativado mundialmente. Mas isso é o de menos, a verdade é que influência aqueles que seguem o trabalho do crítico. O leitor nem passa perto da obra criticada negativamente, sendo que possa servir seus ouvidos. Eu sempre costumo fazer resenhas de discos bons, mas não poderia passar Lulu.

Você deve ouvi - lo, mesmo que não lhe agrade. Lulu é estranho, muito estranho. Essa parceria vai demorar para ser esqueçida, todos vão lembrar que o único legado deles não deu certo, apesar disso, foi bom ver o Rock N Roll inovando e se estranhando.


Qual será a próxima ?

3 comentários:

  1. Great Blog! Check out http://themetallodge.blogspot.com and lets exchange banners/links! Cheers!

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Post divulgado no blog Teia
    Até mais

    ResponderExcluir
  3. Convido você a participar do mais novo agregador de links da web, o TOAKY.net mande seus posts e torne essa rede cada vez maior, para ter suas postagens na home é bem simples basta ser parceiro do site.

    Atualizamos diariamente, não perca essa oportunidade.


    Toaky - Agregador de Links.
    www.toaky.net

    Eu tô aqui, e você?

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados