segunda-feira, 21 de junho de 2010

As portas da imaginação

" Se as portas da percepção fossem abertas,tudo apareceria como realmente é : Infinito "( William Blake,poeta do século XVIII ).

Quatro rapazes americanos tiveram a idéia de formar uma banda.Jim Morrison na voz, Ray Manzarek nos teclados,Robby Krieger na guitarra e John Densmore na bateria.Esses quatros jovens fizeram uma banda além do normal,formando os The Doors.
Considerados a "contra cultura" da época e o mau mocismo que seus musicos representavam,os Doors meteu uma mãozinha para mudar uma parte da Historia do Rock.Nesse rumo os Doors lançam em 1966 seu primeiro álbum,com o mesmo nome da banda mostrando o poder da banda.O álbum chega ao topo das paradas com a bela The End (Pode ser notada no grande filme Nova Apocalipse com Marlon Brando e o diretor Coppola ), e a clássica Light My Fire que é tocada nas radios até hoje. Com um blues e Jazz,e claro,uma pitada de piscodelia e imaginação os Doors lançam seu segundo disco.Strange Days,também foi bastante cultuado pelos fãs e pela critica.Strange Days foi lançado em 67 e trouxe musicas como People Are Strange e Love Me Two Times.
Com o tempo os Doors ficava bastante conhecido.Morrison tinha uma bela voz,Manzarek era um ótimo exemplo de tecladista e assim diante.Depois de dois álbuns de sucesso a banda lança 5 álbuns ao longo dos anos,desses álbuns eu destaco Soft Parade e LA Woman.A banda vai crescendo,e quem cresce com ela é o sucesso,Morrison cresce na critica pelo abuso de Drogas,Álcool e muitas mulheres,bem o tipo de postura de Rock N Roll que anos mais tardes muitos Rockeiros usavam isso.
Em 3 de julho de 1971 a banda acaba por uma triste morte do vocalista Jim Morrison,morreu tão obscuro pelo que aparecia.Não se sabe a causa da morte,uns dizem que foi infarto,outros overdose,assassinato pela sua mulher,entre outras causas.Morrison morreu em Paris,sua cidade preferida,e os Doors depois de sua morte lançaram dois discos que regrava a voz do vocalista,Full Circle e American Prayer,considerados os discos esquecidos dos Doors.
Em 2001 os integrantes da banda se reuniram sem Jim,e fizeram uma nova versão da banda,quem sabe eles não voltam a se reunir !

Curiosidades :
- Os Doors nunca tiveram um baixista fixo, geralmente sendo Ray Manzarek responsável por fazer as linhas de baixo em um orgão ou piano previamente preparados.

- Robby Kreiger não costumava trocar frequentemente as cordas de sua guitarra, achando que a sonoridade das cordas velhas era superior à sonoridade de cordas novas.

- O single mais vendido dos Doors foi Light My Fire. A música foi número 1 por três semanas e ficou entre as 40 mais vendidas durante 14 semanas.

- O cadáver de Morrison foi enterrado no cemitério de Pere-Lachaise em Paris, França. Trata-se de um dos mais antigos e famosos cemitérios da Europa. O compositor clássico Chopin e o escritor Oscar Wild também estão enterrados lá.Sobre a lápide de Jim Morrison está escrito "Kawa Ton Aaimona Eaytoy". A inscrição em grego significa "queime seu demônio interior".

- Na música L.A. Woman existem os seguintes versos intrigantes:

Mr. Mojo Risin', Mr. Mojo Risin'
Mr. Mojo Risin', Mr. Mojo Risin'
Got to keep on risin'
Mr. Mojo Risin', Mr. Mojo Risin'

Curiosamente "Mr. Mojo Risin" é um anagrama perfeito para "Jim Morrison" (basta rearranjar as letras). "Mojo" é também uma gíria para "proeza sexual".

Discografia :
1967 - The Doors
1967 - Strange Days
1968 - Waiting for the Sun
1969 - The Soft Parade
1970 - Morrison Hotel
1971 - L.A. Woman
1971 - Other Voices
1972 - Full Circle
1978 - American Prayer
Vamos,Vamos garota,Acenda meu fogo !

2 comentários:

  1. uma banda realmente revolucionária, diferente de tudo o que havia sido desenvolvido antes.

    http://figurinhasdorock.blogspot.com/

    abraço!

    ResponderExcluir
  2. pô.. nunca fui o maior fã do the doors.. acho essa coisa de poeta exagerada.. a mesma coisa com renato russo, cazuza e etc. o som da banda é bom, o cara tem uma baita voz, mas prefiro outras coisas.

    abraço

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados