sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Life, não é apenas uma vida

Biogafias sempre despertam interesses dos leitores, ainda mais como um astro do Rock N Roll e da seis cordas, e assim sendo, não consegue ser diferente com Keith Richards, o guitarrista que a 50 anos atrás fazia o Stones junto com seu parceiro Mick Jagger. Life é mostrada em 600 páginas, e nelas, mostra a tragetória de Richards : Drogas, álcool, prisão, mulheres, família, Stones e Mick Jagger marcaram a Life desse grande e influente guitarrista. Um coisa eu garanto, histórias não vai faltar.

Todos nós conhecemos algumas de sua histórias, aquela em que ele cheira as cinzas do pai, aquela que ele cai de uma bananeira e entra em coma, e entre muitas outras. A primeira segundo ele é verdadeira, se for, é ridícula e absurda, essa última eu não sei, mas que é idiota, ela é. Mas eu não vim aqui falar de suas histórias, Life é um grande livro, bem interessante, e muitos levam acreditar Keith como uma "ameaça a sociedade", mas para mim é só mais um grande músico gente boa, pai de família e engraçado pra caramba.

Aos 67 anos Keith está mais vivo do que nunca, é fato que o cara morreu e nasceu de novo, acredito eu que foi assim sua vida inteira. Desde quando um garotinho dava seus primeiros passos, quando fazia pose quando era escoteiro, quando criou seus riffs memoráveis, quando criou seu disco solo Talk is Cheap, enfim, uma biografia de prato cheio que segundo ele é mais façil fazer 10 discos do que faze- la.

Life foi lançado em outubro do ano passado e já faz muito sucesso no mundo inteiro, assim como muitos, eu recomendo.

"Você tem o dom, você tem a lua, e você tem os Rolling Stones".

Keith Richards

10 comentários:

  1. Comecei a ler essa semana a biografia dele, e logo de início já gostei da maneira como ele narra sua própria história.

    Sou fã dos Beatles, e não tanto dos Stones, apesar de que gosto deles e toco as músicas deles com minha banda, mas sei, que vou passar a gostar mais da banda e desse cara após a leitura dessa biografia.

    abs

    ResponderExcluir
  2. O Rolling Stones é minha banda favorita. Não passo um dia sem ouvir Stones.
    E o Tio Keith é meu Stone favorito.
    O sujeito é um grande Mestre na Arte de viver, e um deus da música.
    E é o rei das cinco cordas (é, cinco! Raramente ele usa uma guitarra com seis), mestre da afinação aberta, o que faz de seus riffs criações ligeiramente mais complexas e muito criativas e diferentes.

    Estou lendo este livor, estou na metade agora, é muito extenso.
    Mas garanto que é satisfação garantida!
    Vou escrever sobre ele quando terminar!

    Rock On!

    ResponderExcluir
  3. Daniel, eu também adoro os Beatles, tanto quanto o Stones e acho que esse livro é muiro legal, diversão garantida. Volte sempre parceiro.

    Eai Marlon, sabia que um dos filhos dele também se chama Marlon, rs, mas é isso ai, Richards sempre foi um grande músico e guitarrista, rei da seis cordas e das cinco, rs.
    Valeu e volte sempre amigo !

    ResponderExcluir
  4. Comprei "Vida" antes mesmo de acabar de ler a bio do Lobão e agora já comecei a ler. Tb Promete ser tão boa qto a do velho lobo.

    abçs

    Rodz

    ResponderExcluir
  5. Mas o Stones foi criado pelo Brian Jones e não pelo Richard/Jagger.

    ResponderExcluir
  6. Do lobão deve ser bom tbm, pensei em comprar mas a grana acaba te deixando na mão. Valeu Rodz pelo comentário. Abraços

    Phelipe, engano seu amigo, o Stones não só foi criado pelo Brian Jones mas tbm pelo Richards e Jagger, é só dar uma pesquisada, o livro também tira um pouco a conclusão, mas mesmo assim valeu pelo comentário e volte sempre !!!

    ResponderExcluir
  7. Pobre Brian...
    O cara era um gênio, capaz de tocar qualquer porcaria que fizesse som.
    Pena que era fraco.

    E sei que esse livro é uma lição.
    Não é só diversão, apesar de ele narrar cenas épicas de escapadas da polícia, e coisas com fãs.

    Atée mais Guilherme!
    Já conferiu o álbum do Ronnie Wood?

    Flws!

    ResponderExcluir
  8. Brian era muito bom mesmo, ainda não conferi o disco do Ronnie Wood, por enquanto só estou nos clássicos do Stones. Quando eu ouvir te dou um toque e a gente acaba trocando opiniões. Até !!!

    ResponderExcluir
  9. Valeu Guilherme, obrigado pelo elogio. Seu blog tb é muito bom, bastante informativo e variado; inclusive é um espelho para outros do mesmo gênero.
    O A&RR, além de falar de Rock, aborda assuntos de áudio profissional, de interesse dos profissionais da área. Se for seu caso, está convidado a conhecer minhas páginas sobre instrumentos, equipamentos, softwares, etc.
    Um abraço e successo!

    ResponderExcluir
  10. Valeu, vou querer dar uma olhada. Obrigado pelo comentário,volte sempre e sucesso ao AERR.

    Até !!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados