sábado, 12 de novembro de 2011

Solos, a viturde da guitarra


A maior virtude da guitarra é sem dúvidas o solo. Para a maioria dos guitarristas, é a melhor parte, aquela em que você explora sua técnica, habilidades e claro, seus sentimentos. Solos podem salvar uma música, emocionar e até fazer você pirar.

Nesse terceiro post do mês especial sobre o mundo guitarra, falarei dos melhores solos que eu já ouvi em minha vida, por enquanto, porque quero ver muito, mas muito mais.

Ao menos, eu não lembro qual foi o meu primeiro solo a ser escutado, mas lembro que o primeiro a ser tocado por mim foi " Smoke On The Water " do grande Ritchie Blackmore, é um puta solo do eterno clássico. Mas se não bastasse o Purple e o Blackmore, Jimmy Page entra em ação, só que em outro hino. " Whole Lotta Love " do Zeppelin é sensacional em todos os sentidos, desde o riff até a passagem piscodélica no meio da música, mas o que eu mais gosto é o solo que Page executa depois do piscodelismo. Esse é para pirar, assim como " Stairway to Heaven ", um dos solos mais belos.

Passando de Purple para Led, chegamos agora no Pink Floyd. Todos fãs da banda sabem que David Gilmour é uma baita de um músico e de quebra, um guitarrista. O disco todos conhecem, The Dark Side Of The Moon e a música também, " Time ". Quem não lembra do solo de " Time " corra para ouvir porque é surreal, é uma fantasia, como o álbum.

Dos anos 70 para o 80, Ozzy Osbourne sempre teve ao seu lado guitarristas muito fodas. Randy Rhoads era um menino de puro talento e que brilhou no primeiro disco solo do Madman, Blizard Of The Oz. Da música mais enlouquecida ao um dos solos mais eternos do Rock. " Crazy Train " e o trem louco de Ozzy e Rhoads.



É muito improvável um interessado, estudioso e dedicado virar um guitarrista como foi. Esse tiozão é Brian May, que toca muito e acabou brilhando no Queen. O clássico em que mostra seu dom é " Bohemian Raphsody ", em um solo contagiante e improvável, como o próprio.
Agora vamos as origens do Metal, digo, ao Black Sabbath. Gosto muito do Tony Iommi, e ele me deixou extasiado na música " War Pigs " do segundo álbum da banda. O solos são ótimos, assim como " Paranoid " que até hoje me faz pirar.

Como o Sabbath era pesado, esse é uma erupção de peso. Eddie Van Halen chegou ao alto patamar do mundo da guitarra com o solo " Eruption " que causou um impacto tão grande na época, que muitos diziam que Hendrix tinha encarnado. Eddie sempre foi um dos meus guitarristas preferido e brilhou durante toda sua carreira. Popularizou um novo jeito de tocar guitarra.

E como deixaria Slash de fora, o cara sempre foi mestre na arte de se fazer um bom solo. É difícil eu destacar um só, mas " November Rain " é muito bom, " Sweet Child O Mine ", " Estranged " e muitos outros. Mas agora, cadê Jimi Hendrix ? Não ia deixar o cara de fora e acho " All Along The Watchtower " um clássico da guitarra. Seus solos são inconfúdiveis, são geniais.
Existem muitos solos brilhantes espalhados pelo mundo, mas são esses que veio a minha cabeça. Peço desculpa se deixei um mestre de fora, mas todos sabem que Angus Young, Eric Clapton, Jeff Beck, Keith Richards, John Frusciante, Santana e muitos outros mestres. Mas diz ai ? Qual são seus solos preferidos.

Antes de me despedir você ao menos deve conhecer o Allman Brother Bands, uma grande banda do Southern Rock. Duane Allman sempre foi reconhecido pelo seu jeito de tocar e criar, mas é impressionante ver esse solo feito pelo guitarrista Dickey Betts que sempre foi um grande fã do original Duane, um dos percussores do slide, que Dickey usa nessa pérola. Tem tudo o que um solo de guitarra pede :  Técnica, Intensidade, Originalidade e Criatividade. É como contar uma história, e deixar o melhor para o final.

3 comentários:

  1. Fala Guilherme,

    Durante essa semana vou estar ausente da administração dos blogs por conta das avaliações de fim de ano e de alguns problemas particulares.

    O Matheus assumirá o posto provisoriamente da Comissão do Rock, e irei precisar que você atualize a Área pelo menos até o final dessa semana. Pode ficar tranquilo que eu não vou ficar muito tempo distante.

    Depois a gente se fala.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Gostei desse post "pessoal". Parabéns!

    Aliás, também acho o Dark Side mágico.

    ResponderExcluir
  3. Aliás, não consegui escolher nenhum da enquete. Todos são/eram extremamente competentes no que faziam, haha.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados