sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Independência - Peach Pie



Após algumas semanas com o foco em minha vida profissional e alguns péssimos dias, estou de volta com mais frequência ao blog. Vou poder acompanhar de perto, atualiza - lo, responder todos os comentários e elaborar novos posts.

Hoje vou reescrever um texto meio antigo, postado no blog Comissão do Rock. Se trata de uma banda independente de amigos, chamada Peach Pie. Com a colaboração de todos espero que daqui para frente escrevo mais desse cenário independente. Quem tem sugestões e uma banda é só entrar em contato, que irei analizar.

Começando nosso quadro Independência, falo do Peach Pie, uma banda oriunda de Santo Andre ( SP ) formada em 2008. O grupo tem a formação de Bárbara (voz), Henrique (piano) e Sérgio (baixo).

Bárbara ( Voz e Guitarra )

Sérgio ( Baixo )
Henrique ( Piano )

O Peach Pie faz suas composições própias, fazem um estilo mais apropiado ao Pop - Rock, levando bastante a influência dos Beatles, Credeence e muitas outas bandas nessa empreitada. Lembrando que a banda tem um gosto bem eclético, gostam desde Blues a nossa MPB, mas eles não escondem o carinho pelo Rock.

A banda atualmente toca em festas e em bares, mas sempre leva a música como Hobby e diversão. O conjunto se reune na casa dos integrantes Sérgio ( Baixista ) e Henrique ( pianista, tecladista e compositor ) para levarem um som no pequeno e bem montado estúdio da banda, e é de lá que sai as músicas do grupo, com os compositores Bárbara e Henrique.

Aos poucos a banda foi criando sua identidade, e assim pudemos perceber letras entusiasmadas e com arranjos bem legais, se quer ouvir Rock pesado, esqueça pois a especialidade deles é fazer algo mais experimental e pop, mas claro, eles não deixam os princípios do Rock.

E qual banda nunca fez um cover ? O grupo não é diferente, e tem de monte guardado em suas prateleiras, eles mostram nos covers que a banda é bem ajeitada e tem bastante a mostrar. Vejam  " Last One" com um arranjo de violino que se encaixou muito bem, a banda em vez de quando recebe participações de outros músicos como na música, também percebemos ritmos e instrumentos diferentes que deixam o som melhor e mais atraente.


Letra - Velho Desfecho

Sim, é tudo verdade, eu não vou mentir. Você sabe por que eu estou aqui.
Caí na toca do coelho, comi a maça, furei meu dedo e fui atrás da fera.
Sim, desviei os meus caminhos, eu quis da rosa os espinhos, mas sempre voltava pro mesmo lugar.
Saí da toca do coelho, digeri a maça, curei meu dedo e brinquei com a fera.

Mas é sempre você,
Mas é sempre você o desfecho das minhas histórias.
Mas é sempre você,
Mas é sempre você que povoa a minha memória.

Eu não sei sentir menos que isso, e sentir mais seria morrer, então desisto e confesso a você.
Sim, eu quero um "felizes para sempre", é verdade, um dia a gente aprende que ninguém substitui ninguém.

Mas é só com você,
Mas é só com você que o amor é sempre diferente sem mudar.
Mas é só com você,
Mas é só com você que eu posso ser eu mesmo sem ter medo de voltar.

Eai, gostou ?
Então participe também...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados