quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

SWU - 2011



O SWU em 2010 ganhou as atenções da mídia músical. Até então era estranho por que um festival que você nunca ouviu falar iria trazer grandes presenças. O Pixies para mim foi o melhor show da edição passada e o vencedor dessa edição só no final do post.

Foram três dias como de costume, no dia 12 de Novembro foi mais o dia do Pop, como Black Eyed Peas e dois nacionais, como D2 e Emicida. No dia 13 foi um dia em que eu estava esperando, acompanhei o Ultraje a Rigor que é uma banda bem legal, e também fiquei por dentro do rolo que aconteceu entre os brasileiros e a produção do Peter Gabriel. A produção de Gabriel quis mandar no show e foram otários, mas não confundam a produção com Gabriel, que se demonstrou em seu show o grande músico que sempre foi. Certamente esse episódio entrou para a história do festival, assim como o Rock In Rio tem seus momentos. Gabriel fez um show grandioso, tendo ao seu lado uma grande Orchestra ( The New Blood ) e ótimas vozes femininas. Mostrou em seu repertório músicas bastantes desconhecidas, pórem, ótima. " Biko " foi sensacional.

Ainda no dia 13 o Duran Duran e Chris Cornell subiram ao palco, mas não acompanhei. Tedeschi Trucks Band pois o Southern Rock a fever, mas o pai do Southern ainda estava por vir, o Lynyrd Skynyrd. O Skynyrd fez um grande show, assisti inteiro e pude perceber uma banda carismática e sólida. Presentearam cada fã com seus eternos clássicos, foi muito bonito ver " Simple Man ". Claro que não é aquele Lynyrd Skynyrd, mas o que vale é lembrar e curtir os hinos do grupo.


No último dia o peso ganhou força. as guitarras estavam a flor da pele e a distorção estava com seu volume no máximo. O Raimundos fez um bom show, apesar de não ter Rodolfo nos vocais, Digão aguentou bem, apesar do sucesso de " Mulher de Fases " ser  incomparável nas mãos do envangélico Rodolfo. Ainda no dia 14, Duff MacKagan, o baixista da formação original do Guns, veio com sua banda, os Loaded, mostrou o típico Punk de Seatlle.

Sonic Youth, Primus e Megadeth chegam logo em seguida, para terminar temos Stone Temple Pilots, o grunge do Alice In Chains e por fim o Faith No More. Sonic Youth é um dos pais da música alternativa, fez um grande show, assim como o Megadeth que não acompanhei muito, pois não sou muito fã da banda. Stone Temple Pilots foi ótimo e Alice In Chains foi excelente, pondo o público para vibrar. Faith No More também me impresionou, Mike Patton fez um baita de um show, relembrando clássicos como a minha preferida " Epic ".

O SWU foi ótimo e espero que no ano que vem seja ainda melhor, haa, enquanto ao melhor show desse SWU eu dou para o Skynyrd, por toda sua trajetória. Agora confiram os melhores momentos :





Entra lá no twitter porque amanhã tem uma novidade e de força ao nosso querido e adormecido Facebook.

Um comentário:

  1. Cara o show do Lynyrd Skynyrd foi demais. Que qualidade ao vivo. Entrou para a lista dos melhores shows no Brasil. Outro destaque foi Alice In Chains.

    O show Do Iron Maiden no rock in Rio 2001 e do Rush em 2003 nomeado Rush In Rio são fantásticos pela qualidade do som e pela participação do público.

    Para mim a melhor banda americana são os Skynyrds durante a era clássica, podemos considerar The Doors à frente pelo pioneirismo no rock n' roll, sobretudo o psicodélico. Mas não vejo nenhuma banda fazer frente a obra dos sulistas.

    Fora Hendrix, que considero mais um artista solo e quem não possui muitas letras e sim belos solos, mas a sua "experiência" é demais. E fora Janis Joplin And The Holding Company que só possui dois disco, então não dá para desbancar a obra do Lynyrd Skynyrd.

    A melhor banda das Américas é o Rush.

    Sei que há Van Halen e Bruce Springteen, mas no nal dos anos 70 para os anos 80, muitas coisa já tinha sido implementadas e só fizeram ligar os pontos brilhantemente.

    Se eu esqueci de alguma outra é só dizer, pois pode sr que tenha dado uns bugs na minha linha de pensamento.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e sua opinião, pois é muito importante para nós. E lembrando que todos comentários serão analisados e respondidos.

Obrigado pelo comentário e Volte sempre.

Todos artigos são publicados por Guilherme M, exceto onde os autores são citados